logo

Cultura
234 630 500 Seg. a Sex. 9h às 13h, das 14h às 18h.
http://www.cpvv.net/cpvv/modules/mod_image_show_gk4/cache/cpvv.slide.cultura.cultura1gk-is-122.jpglink
http://www.cpvv.net/cpvv/modules/mod_image_show_gk4/cache/cpvv.slide.cultura.cultura4gk-is-122.jpglink
http://www.cpvv.net/cpvv/modules/mod_image_show_gk4/cache/cpvv.slide.cultura.cultura6gk-is-122.jpglink
«
»

Rancho Folclórico Infantil

 

Rancho Infantil e Juvenil da Casa do Povo de Valongo do VougaValongo do Vouga é uma das 20 Freguesias do concelho de Águeda, inserida numa região mais que milenária e o seu nome provavelmente pretende indicar a sua configuração geográfica “VALLE LONGUM” onde acaba a planície e a serra começa.
Foi encruzilhada na passagem da serra para o litoral.

Da serra vinham os almocreves com lenha, carqueja e produtos agrícolas. Do litoral e rio Vouga arriba, vinham os homens e mulheres da Beira mar com o sal e peixe, fazendo as suas transacções nos diversos cais então existentes nos rios Águeda e Vouga. Ao longo dos anos as populações dos 24 lugares da Freguesia sofreram as influências de uns e outros, nos usos e costumes, nas cantigas, nas danças, na maneira de vestir e de ser.
Mas como tudo se consome na voracidade dos tempos, nasceu a ideia de preservar as nossas origens, usos e costumes, sendo a melhor forma de o conseguir, criar um Rancho Folclórico e dentro desse princípio surgiu a ideia de um Rancho Infantil dado haver a consciência de que são as crianças e jovens a alegria do presente e ao mesmo tempo a promessa do futuro e com esta atitude de acarinhamento de tal entusiasmo, se ter a garantia que é neste escalão que está o futuro do folclore. Em boa hora, quatro entusiastas do folclore se juntaram e passaram à prática anunciando as suas intenções. A notícia espalhou-se e a adesão da Freguesia foi tal que se teve de proceder à selecção de crianças dado não ser possível ficarem todas.
GRUPO de FOLCLORE em 1989.

GRUPO de FOLCLORE em 1989Os ensaios tiveram inicio em 1986, ano considerado da fundação.
Foi um ano de intenso trabalho com o ensinar das crianças a darem os primeiros passos de dança; recolher apoios; recolher modas dos diversos lugares; organizar a tocata e preparar a apresentação pública do Rancho que teve lugar em Junho de 1987, com uma actuação no lugar do Salgueiro, onde os trajes foram os que cada um conseguiu arranjar.
A semente estava lançada, era preciso alimentá-la para que crescesse. Surgiu então a ideia de propor à Casa do Povo de Valongo do Vouga – instituição que entre outras actividades de caracter social, tem nos seus estatutos o apoio a actividades culturais e recreativas – ser ela a ficar responsável pela continuidade do Rancho Infantil.
Era então presidente da direcção o Sr. José Lopes Falcão que aceitou a ideia e em conjunto com os restantes membros da direcção decidiram que o Rancho Infantil passaria a ser uma das valências de Actividades Culturais da Casa do Povo.
De imediato se iniciou a confecção dos trajes, com base nas recolhas efectuadas, procurando que os mesmos fossem uma cópia fiel, em ponto pequeno, do que foi usado pelos nossos antepassados – tanto na qualidade dos tecidos, como na sua confecção – dos quais salientamos os trajes da Romaria; Religiosos; Romeira; Lavadeira Rica; Serranos, entre outros e em particular os da nossa Freguesia que são os da Tricana de Valongo, Mulher de Arrancada e o de Ferreiro.

rancho-01As danças as da região, onde predominam as de roda. É que estando nós na zona Bairrada/Vouga e citando o nosso conterrâneo Pedro Homem de Melo – as rodas são a essência da autêntica dança da Região Bairradina.

Desde o ano da fundação, o Rancho Infantil manteve-se sempre em actividade, tendo por cá passado centenas de crianças e jovens, alguns deles são hoje elementos activos de ranchos “Adultos” da nossa região, o que muito nos orgulha.
Em todo este tempo participámos em Festivais, Festas e outras iniciativas culturais do norte ao Sul do país, tendo também uma participação num programa de Televisão em 2003.
Tivemos o nosso baptismo internacional em Junho de 1991, com uma deslocação a França, participando nas comemorações do dia de Portugal e em 1985, 1986 e 1987 fizemos deslocações a Espanha a convite de grupos locais. Também no nosso historial contamos com a organização de 15 Festivais de Folclore Infantil, tendo sido 3 deles internacionais.

rancho-02Momento alto da nossa actividade foi a comemoração do 10º aniversário, em 1996, com boa adesão da população e em particular a participação de muitos elementos que até a essa data colaboraram com o Rancho, que a partir daqui se começou a designar por Rancho Infantil e Juvenil, tendo também a presença dos Ranchos Infantis do concelho de Águeda.
A Casa do Povo de Alongo do Vouga, tendo ao longo dos anos vindo a alargar as suas actividades na área da Cultura, Recreio e Desporto, tendo actualmente como valências o Rancho Infantil e Juvenil, Grupo de Teatro “Sorriso Juvenil”; ATL; Centro de Explicações; Centro de Convívio para Idosos; Atletismo; Andebol Feminino nos escalões jovens; Ginástica; apoiando ainda a realização anual da Exposição de Artistas da Nossa Terra.

O Rancho Infantil e Juvenil tem ao longo dos anos merecido todo o apoio e empenhamento das várias direcções da Casa do Povo, que com a ajuda e colaboração de todos os seus componentes, familiares e em determinadas alturas funcionários da Casa do Povo, tem sabido honrar não só o nome da Casa do Povo, mas também da Freguesia, do Concelho e em particular do Folclore.

Mas como sem eles não havia razão de existirmos, deve-se sobretudo à agilidade e singeleza deste punhado de crianças e jovens, artistas que não se cansam de demonstrar, quando a responsabilidade assim lhes exige – exibindo-se com brio e brilhantismo – o esforço que todos temos feito pela continuidade desta actividade em que o nosso lema é “Aprender para fazer melhor”.